Processo Produtivo do Iogurte

Processo Produtivo do Iogurte

 

http://www.semlactose.com/wp-content/uploads/2008/03/yogurt.jpg

 

 

Trabalho Realizado Por:

Carla Fernandes PTC Nº 154

 

Introdução

Neste trabalho vou falar sobre o processo produtivo dos iogurtes.

Neste trabalho pretendo aplicar todos os conhecimentos que adquiri ao longo das aulas de Actividades Económicas da matéria A Produção e As e Empresas.

A partir deste trabalho vou falar de tudo que é necessário para produzir aqueles maravilhosos iogurtes de fruta, nada mais.

 

Processo de Fabricação do Iogurte

O processo de fabricação do iogurte envolve muita tecnologia e ingredientes de qualidade. Estudos da bioquímica do leite chegaram ao processamento desse produto. A produção do iogurte tem início na selecção das matérias-primas, como o Leite, Leite em pó e açúcar, que são de alta qualidade. Após esta fase o processamento, que é dividido em várias etapas, começa:

Mistura

Padronização de leite no teor de gordura desejável e adição de todos os ingredientes ao leite, em um tanque hermético, que não permite a entrada de qualquer corpo estranho e/ou bactérias indesejáveis. Mistura-se, em diferentes tanques, iogurtes Lights (0% de gordura e sem adição de açúcar) e iogurtes com gordura (cremosos ou líquidos).

Homogeneização

A mistura dos produtos com Gordura passa por um equipamento chamado Homogeneizador o qual trabalha a alta pressão, sendo assim homogeneizada com o objectivo de reduzir o tamanho dos glóbulos de gordura e obter no, produto acabado, uma consistência lisa e cremosa.

Pasteurização

Um equipamento chamado de pasteurizador aquece toda a mistura do iogurte a uma temperatura suficiente para eliminar todas as bactérias indesejáveis que possam estar presentes na mistura.

Fermentação

A lactose (o açúcar do leite) é transformada em ácido láctico que será o agente da coagulação do leite. São usadas duas bactérias para a transformação da Lactose em ácido láctico: Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus thermophilus. A fermentação ocorre a uma temperatura de 42 a 43ºC durante aproximadamente 4 horas. Neste tempo, a formação de acidez e aroma é monitorada.

Resfriamento

Quando o produto atinge a acidez desejada ele é resfriado e enviado a outro tanque hermético tomando-se todo cuidado para que nenhuma das características até então obtidas sejam perdidas.

Adição de base frutas

O produto recebe a polpa de frutas ou pedaços de frutas de acordo com suas características.

Embalagem

O iogurte é embalado em máquinas de alta tecnologia sem nenhum contacto manual, mantendo-se assim toda a sua qualidade e frescor.

 

 

Conservação

A temperatura ideal para conservação do iogurte varia de 1 a 10ºC e seu tempo de validade é de 35 dias.

Todas as etapas de fabricação são acompanhadas cuidadosamente pelos técnicos do Controle de Qualidade e os produtos finalizados só serão liberados para o Consumidor após sua aprovação.

 

Conclusão

 

Neste trabalho consegui aplicar todos os conhecimentos dados na aula, compreendi que para se produzir um bem ou serviço requer muito trabalho e cuidado pois se o produto ou serviço produzidos não “cativarem” as pessoas as empresas dessa forma não terá qualquer tipo de rentabilidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conclusão

 

Neste trabalho consegui aplicar todos os conhecimentos dados na aula, compreendi que para se produzir um bem ou serviço requer muito trabalho e cuidado pois se o produto ou serviço produzidos não “cativarem” as pessoas as empresas dessa forma não terá qualquer tipo de rentabilidade.